Companhia teatral que apresenta peças em espaços pouco convencionais encena peça no Cemitério do Redentor.

A Cia. Coexistir, que apresentou diferentes espetáculos em porões de teatro, casas, penitenciárias e centros culturais, apresenta sua primeira peça de teatro em um cemitério. Trata-se de A Jornada de Orfeu, um espetáculo interativo baseado na mitologia grega, que conta a saga de um jovem que desafia o destino por amor quando tenta resgatar do mundo dos mortos sua amada, Eurídice. Encenada desde o dia 25 de outubro, faz o público percorrer quase 500 metros do Cemitério do Redentor juntamente com Orfeu e Caronte, entre outras personagens. De acordo com a diretora da Cia, Patrícia Teixeira, a escolha do local foi bastante planejada. “Penso ser Orfeu um mito existencial muito contemporâneo, que nos coloca diante do mistério entre a vida e a morte. Assim, poder encenar tudo isso em um cemitério potencializa questões, como o medo de viver o inédito, ou nossa busca por sentido, e nos coloca em diálogo literal com elas, além de revitalizar o cemitério como parte da cidade e integrá-lo em nossa caminhada. Colocar o público num espaço da morte é, talvez, poder rever o que é realmente estar vivo. É especial”, declara.

Patrícia acrescenta que o Cemitério do Redentor foi escolhido por ser protestante e não possuir imagens de anjos ou santos. “Me parece menos assombroso ou dramático, apesar de o espetáculo não fazer apologia a nenhuma religião. E também pelo apoio recebido do secretário adjunto da Acempro [Associação Cemitérios dos Protestantes], Sr. Franz, que valoriza a arte e, sobretudo, enxerga o espaço da morte como criativo”, revela.

Segundo a produtora do espetáculo, Amanda Leones, o fato de ser apresentado durante à noite desperta mais curiosidade, já para outros parece assustador. “O medo da morte e de espaços que a representam, como cemitérios, está no DNA da cultura. No entanto, a realização do espetáculo à noite é uma opção estética, de encenação e viabilidade”, diz. 

Sábados às 21h e domingos às 20h. Sessões extras dias 6 e 13/1/15, às 21h. R$ 50 (inteira). Até 30/11, 14 anos.

A Jornada de Orfeu (Cia Coexistir de Teatro)
Cemitério do Redentor
Av. Doutor Arnaldo, 1.105, Sumaré
Telefone da produção: 3493-2452 e 98612-9583 
www.ciacoexistir.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA